Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Madeira – O assunto do momento.

Nos dias que correm, o arquipélago da Madeira e a sua divida são, sem duvida, os assuntos mais abordados do momento.
Como o THEBESTS já referiu em publicação anterior, a Madeira encontra-se numa situação difícil, uma vez que, como já divulgado pelo Presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, a sua divida atingiu +- 5,8 mil milhões de euros. Sem duvida um valor, deveras, colossal.
Diz-se que, o Governo Regional, escondeu o valor da divida de à 6 anos a esta parte. Porque seria? Embora condenável, com certeza haverá uma razão!! Seria bom descobrir qual.
Alem disso, será importante verificar o porque deste valor da divida e se a obra feita a consegue, ou não, justificar. Aqui fica alguns exemplos de obra feita. Tirem as vossas conclusões.
Vemos mesmo, os diferentes partidos políticos da oposição a exigirem tomadas de posição firmes, quer da parte do Governo quer da parte do Presidente da Republica, sobre o Governo Regional e mais propriamente sobre a pessoa de Alberto João Jardim.
Teremos que reconhecer que, com obra feita ou sem ela, se Alberto João Jardim cometeu ilegalidades, deverá ser responsabilizado por essas mesmas ilegalidades e julgado em conformidade, quer politicamente quer criminalmente.
No entanto, ficamos estupefactos com a falta de memoria (ou falta de  coragem) de todas as pessoas que, agora criticam a Madeira e o seu Governo Regional (independentemente  de puderem ter alguma razão).
  • Então e os responsáveis pela situação lastimosa de Portugal Continental? (últimos 6 anos)
  • Estará Portugal Continental mais longe da Bancarrota do que o arquipélago da Madeira?
  • Também é responsabilidade de Alberto João Jardim a mais que duplicação da divida publica Portuguesa em 6 anos de governação PS (com José Sócrates)?
  • Já se preocuparam em saber qual o valor real da divida de Portugal Continental? Será que não consegue ser muito, mas mesmo muito, maior do que a divida da Madeira?
  • E a obra em Portugal Continental? Onde ela está? Alguém consegue responder?
  • Onde se tem melhor qualidade de vida? Em Portugal Continental ou na Madeira?
  • E se a obra feita não é visível, onde estão os milhões que se gastaram sem ninguém saber em que?
Quem enriqueceu à custa de Portugal e dos Portugueses honestos?
Com certeza muitos. Algumas suspeitas
Achamos pois que, estes senhores que criticam Alberto João Jardim e a Madeira deveriam, há já muito tempo, ter exigido responsabilidades aos governos de José Sócrates que, durante 6 anos, delapidaram, de uma forma completamente vergonhosa e descarada, o património de Portugal e dos Portugueses.
Onde eles estiveram durante os últimos 6 anos? Em Portugal?
Com que cara de pau vem, o actual secretario geral do PS (Antonio José Seguro), que acreditamos ser uma pessoa integra e patriota, criticar e exigir responsabilidades ao governo quando o seu partido é o rosto da situação LASTIMOSA em que Portugal se encontra?
Já pediu responsabilidades aos seus camaradas de partido que fizeram parte dos últimos 6 anos de governo?
Já lhes exigiu que justificassem o estado lastimoso a que Portugal chegou?
Já exigiu as entidades competentes que investigassem, a fundo, os últimos 6 anos de governo, e tentassem descortinar para onde foram milhares de milhões de euros gastos?
Como podemos criticar e pensar em julgar os outros quando não temos capacidade ou coragem para nos auto - criticarmos a nós próprios?
Solicitamos pois, ao Secretario geral do PS que, primeiramente, limpe a sua casa e ai sim, poderá ter moral para tentar limpar a casa de todos nós (Portugal).
Em relação ao líder Parlamentar do PS, Carlos Zorrinho, que acusou, esta quarta-feira, o primeiro-ministro, Passos Coelho, de manchar a honra do Parlamento ao faltar à sua palavra, recordamos-lhe que, como membro dos anteriores governos de José Sócrates, deverá estar recordado das inúmeras vezes que, talvez ele próprio, mas acima de tudo o anterior 1º ministro (José Sócrates) desonrou não só o Parlamento mas acima de tudo Portugal e os Portugueses. Só os pouco inteligentes se conseguem esquecer com tamanha facilidade!
 Em relação ao presidente do Tribunal de Contas, Guilherme Oliveira Martins, como é possível que esteja preocupado com as Contas da Madeira (normal e de louvar) e não se tenha preocupado com as contas de Portugal Continental durante os últimos 6 anos de governação Sócrates? Aliás, inclusive afirmou, em entrevista  ao jornal expresso, a 30 de Maio de 2011 que: "É absolutamente fundamental que não nos preocupemos com bodes expiatórios no passado, nós temos é que trabalhar para o futuro. Desde já, fazer tudo o que é possível e imaginário para sermos mais rigorosos, mais transparentes, e não cuidar tanto das coisas do passado”. Fonte Expresso.
Simplesmente vergonhoso. Preocupamo-nos com a divida da Madeira (e muito bem) mas deixamos de fora a responsabilidade por uma divida, no mínimo, 20 vezes maior. Por que será?
O THEBESTS concorda plenamente com o referido pelo Presidente da CMVM, Carlos Tavares, que defende a responsabilização criminal dos políticos por má gestão. O regabofe não pode continuar!
Senhor 1º ministro, já é tempo de se colocar alguma credibilidade nos órgão de soberania de Portugal. É tempo de demonstrar que o crime não compensa e que, ocupe-se o lugar que se ocupar, em Portugal, todo o cidadão terá que cumprir a lei.
A Lei surgiu para todos e deverá ser igualitária em todas as suas vertentes. Só assim se conseguirá manter uma democracia longa e saudável.
Continuamos a acreditar que, a sua postura se manterá Responsável, Competente, Séria e Patriota. Como já referimos em alguns artigos anteriores, continua a ter a Grande Oportunidade de ficar para a historia de Portugal pelas melhores razões. Faça por isso, é a SUA OBRIGAÇÃO.
JMP
Enviar um comentário