Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Congresso do PS – O que dizer?


Mais um congresso do PS aconteceu e, mais uma vez, estando na oposição, as criticas ao governo foram o mote.
Mas, mais do que as criticas ao governo, é impressionante verificar a FALTA de MEMÓRIA ou a AMNÉSIA que ocorre em todos estes (pequeníssimos) Srs.
Basta verificar o programa do congresso, onde se discutem temas como o EMPREGO e a CORRUPÇÃO!!! – Mas qual foi período, em Portugal, onde o DESEMPREGO ou a CORRUPÇÃO mais aumentaram? Basta lembrar estes últimos 6 anos de governação Sócrates (PS) onde a taxa de desemprego mais que duplicou e onde os sucessivos escândalos foram, por demais, vergonhosos!!! Estado da Nação e Análise de 1 discurso patriótico
Ou as palavras do líder, António José Seguro, donde se destaca - “Num momento tão difícil para Portugal, e numa fase tão crítica para a própria Europa, como acontece actualmente, o PS tem que estar à altura da história e dar o seu contributo sólido, convicto e responsável.” Sendo que, o contributo do PS poderia começar pela CORAGEM e PATRIOTISMO de castigarem ou permitirem castigar os verdadeiros responsáveis pela situação lastimosa em que Portugal se encontra. Todos eles elementos que, infelizmente, fazem parte das suas fileiras.
Ou ainda, e de uma forma mais escandalosa, nas palavras de Francisco Assis, donde se destaca – “Esta candidatura assume por inteiro o património político do Partido Socialista. Sob a liderança de Mário Soares, Victor Constâncio, Jorge Sampaio, António Guterres, Ferro Rodrigues e José Sócrates fomos, sucessivamente, o partido da liberdade, da Europa, da normalização democrática e constitucional, do Serviço Nacional de Saúde, do equilíbrio entre sector público, privado e social da economia, da luta contra a exclusão social e do compromisso com os mais pobres, da escola pública, da sociedade da informação, da educação para todos, dos novos direitos civis, da inovação na política energética e da sustentabilidade do Estado Social.
Esta candidatura orgulha-se – porque sempre as defendeu – das marcas reformistas e progressistas que, sob a liderança de José Sócrates, o Governo do PS deixou no país entre 2005 e 2011. E empenha-se na sua defesa e no seu aprofundamento. Foram seis anos em que modernizámos o país e melhorámos a vida dos portugueses em muitos domínios.
Realmente este Sr. só pode estar a necessitar de um PSIQUIATRA pois, Só Pode estar Doido!!!! Quem, são os Portugueses a quem ele ajudou a melhorar a Vida? Meia dúzia de Seus amigos? Então orgulha-se de ter contribuído para que Portugal se encontrasse na MAIOR CRISE de que há Memória? Então Orgulha-se da Maior taxa de Pobreza em Portugal? Então Orgulha-se da Maior Taxa de Emprego da historia do País? Então Orgulha-se de mais de 40% da Crianças Portuguesas passarem Fome?
Pois é. Assim Portugal não consegue ir longe. Como é que possível que se tenha cultivado a ideia de que ser Politico em Portugal, dá direito a cometer todo o tipo de Ilicitudes e sair ileso? Com que cara de Pau é que se apregoa um Partido como Partido democrático e responsável quando vários dos seus mais altos elementos são responsáveis por alguns  dos maiores actos criminosos e antipatriotas de que há memoria?
Senhor Primeiro Ministro, o Portugal Honesto e Trabalhador continua à espera de Justiça. Castigue os responsáveis por toda a desgraça em que Portugal caiu! Castigue quem tanto ROUBOU os Portugueses, colocando-os numa situação extremamente precária. Portugal continua a acreditar no 1º Ministro que lhe conseguiu incutir alguma esperança. Não tenha o desplante de Falhar! Portugal e os Portugueses não lhe Perdoaram! Prove a todos os que o Criticam que estão enganados! Prove que é um Verdadeiro Português Patriota. Todo o Portugal Honesto e Trabalhador estará consigo.
José António Vilaverde
Enviar um comentário