Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

domingo, 7 de agosto de 2011

Núcleo Estratégico de Investidores (NEI) não se Conforma com Venda do BPN ao Banco BIC vs David Contra Golias

Corrida à Privatização do BPN - "David contra Golias"
Núcleo Estratégico de 15 Investidores Portugueses (NEI) que entrou na corrida à Privatização do BPN, não se conforma com a escolha do Governo que deu preferência à proposta do Banco BIC.

Como é do conhecimento público, a decisão de Venda (Privatização) do BPN recaiu sobre o Banco BIC que apresentou uma proposta de 40 milhões de Euros.
Pórem, um Grupo composto por 15 Investidores e denominado Núcleo Estratégico de Investidores, apresentou uma proposta superior a 100 milhões de euros, a pagar totalmente em 6 anos.
A escolha do Estado Português recaiu sobre o Banco BIC, o que foi difícil de aceitar para os Investidores do Grupo NEI.

Reproduzimos Vídeo de Entrevista concedida há 4 dias ao Canal RTP 1 pelo Grupo NEI, representado por dois dos seus investidores, José Luís de Castro e Jaime Pereira dos Santos. Na altura, os dois investidores ainda tinham esperança de reabrir a corrida à privatização do BPN.
Questões:
a) Quais as razões que levaram o Governo a optar pelas menor proposta de compra (BIC), em detrimento da maior proposta (NEI)?
b) Qual das duas propostas assegurava um maior retorno ao estado Português e aos contribuintes?
c) Qual o projecto do Banco BIC para o BPN e qual o projecto do NEI?
d) Sabe-se que o Banco BIC vai manter 750 funcionários do Banco, mas vai despedir mais de 800.
Qual era a proposta do NEI relativo à manutenção/despedimento de trabalhadores do BPN?

De uma coisa temos a certeza, pelo menos. Tal como THE BESTS já divulgou anteriormente, o Estado Português, em 2008, quando na altura José Sócrates era Primeiro Ministro do Governo PS, pagou pelo menos 2,4 milhões de euros pela Nacionalização do BPN. Porém, agora o Estado Português (Governo PSD/CDS) aceita vender o BPN por 400 milhões de euros e, para além disso, vai suportar a despesa com o despedimento de mais de 800 trabalhadores do BPN, já que esta é a intenção do Banco BIC, segundo palavras do seu Presidente Mira Amaral.

Enviar um comentário