Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Momento histórico na Assembleia da República (AR) - Acordo histórico entre os Partidos de Esquerda pode derrubar Governo de Coligação PSD/CDS-PP (Portugal à Frente)

THE BESTS relembra que nas últimas Eleições Legislativas realizadas a 4 de Outubro de 2015, a coligação PSD/CDS-PP (Portugal à Frente) obteve uma vitória sem maioria absoluta, com cerca de 38% dos votos. Dos 230 deputados que compõem o Parlamento Português, a Coligação PSD/CDS-PP (Portugal à Frente) perde assim a maioria absoluta que detinha anteriormente e passa a ter 104 deputados no Parlamento, contra um total de 126 deputados eleitos pelo Partido Socialista (PS), Partido Comunista Português/Coligação Democrática Unitária (PCP/CDU), Bloco de Esquerda (BE), Partido Ecologista os Verdes (PEV) e Pessoas-Animais-Natureza (PAN).

Se em 41 anos de democracia em Portugal, nunca um conjunto de partidos de esquerda se tinha unido no sentido de derrubar um governo minoritário de direita, tudo indica que no dia de ontem, 9 de Novembro de 2015, ocorreram no Parlamento claros indicadores que muito apontam nesse sentido.

Pode colocar-se a questão de sabermos a que propósito o PS, PCP/CDU, BE, PEV e PAN se unem para derrubar a coligação Portugal à Frente e constituir assim um novo Governo? THE BESTS dá a resposta em publicação datada de 1 de Junho de 2015, com o Título "Atrocidades cometida por Pedro Passos Coelho e pelo seu governo em Portugal (2011-2015)"!

A insensibilidade, a arrogância, a prepotência, a brutalidade da austeridade excessiva, as violações à CRP e outras atrocidades cometidas foram de tal forma trágicas para a sociedade Portuguesa que o governo de coligação PSD/CDS - PP (Portugal à Frente), em 41 anos de democracia vai ser pela primeira vez destituído de funções por um conjunto de partidos de esquerda e só tem mesmo que se queixar de si próprio!

Publicação THE BESTS relacionada: 
Enviar um comentário