Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Grécia Leva a Referendo Novo Programa de Ajuda Financeira vs Governo Grego Demite Todas as Chefias Militares - Golpe de Estado Militar em Marcha na Grécia?

Grécia vai levar Programa de Ajuda Externa a referendo e há poucos minutos foi notíciado que o Governo Grego acaba de demitir todas as principais chefias militares! Será que estaria em marcha um Golpe de Estado Militar na Grécia?
Como resultado da hesitação Grega à ajuda externa, o dia de hoje foi de pânico nas diferentes bolsas mundias, com a generalidade das acções a afundarem vertiginosamente. As acções que mais afundaram foram as da Banca.
Se na passada quinta feira se realizou uma Cimeira Europeia, tendo sido aprovado um programa de ajuda financeira à Grécia, com vista a salvar a Grécia da Bancarrota e evitar o colapso da Zona Euro, agora, a Grécia chocou o mundo ao anunciar ontem, na pessoa do seu Primeiro Ministro George Papandreou, que vai haver um referendo para que os Gregos decidam se aceitam ou não o mais recente Pacote de Ajuda Financeira à Grécia.
Relembramos que o mais recente Programa de Salvação da Grécia e da Moeda Única prevê um "corte" de 50% na Dívida Pública Grega detida por investidores privados, bem como um novo reforço financeiro de cerca de 100 mil milhões de euros, com o objectivo de reduzir a dívida pública para 120% do PIB em 2020. 
Dizem as previsões que 60% da população Grega deverá votar no referendo contra o mais recente Programa de Ajuda à Grécia. Caso tal cenário se verifique, será a catástrofe para a Grécia, uma vez que terá de abandonar o Euro e em princípio, deverá sair da União Europeia. Caso o pior dos cenários se verifique, também os Países da Zona Euro assim como toda a União Europeia deverão ser gravamente afectados, podendo até ocorrer o colapso total da Zona Euro.
O Primeiro Ministro Grego já foi convocado para uma reunião de Urgência no dia de amanhã em Cannes, com Angela MerkelNicolas Sarkozy e elementos da Troika.
Enviar um comentário