Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Kadafi Depositou em 2008 1300 Milhões de Euros na Caixa Geral de Depósitos que Têm Estado Congelados

Segundo notícia avançada em economico.sapo.pt, Kadafi terá depositado 1300 milhões de euros na Caixa Geral de Depósitos, como fundos estatais da Líbia. O dinheiro encontra-se na CGD depositado em 4 contas bancárias que foram congeladas em Março ao abrigo das Leis Internacionais contra o regime de Kadafi e representa 2% do total de depósitos na CGD.

Se o novo governo Líbio vier levantar o dinheiro a que tem direito, a Caixa Geral de Depósitos vê sair de repente do Banco, 1300 milhões de euros, mais 8 milhõesde juros. É este o valor que a CGD poderá ter que pagar de imediato à Líbia, caso o novo governo assim o exija.

Esperamos que os Portugueses não sejam chamados a dar uma ajudinha à CGD, com o pagamento de mais impostos e de mais austeridade!


O dinheiro foi depósitado por Kadafi na Caixa Geral de Depósitos em 2008, depois deste ter retirado todos os fundos estatais Líbios depositados em Bancos Suiços, como forma de represália contra a prisão por dois dias numa prisão Suiça no Verão desse ano, do seu filho mais novo, Hannibal Khadafi, e da mulher, na altura grávida de nove meses. Recordamos que na altura o filho de Kadafi foi detido por descatos.

Transcrevemos excerto da notícia publicada em economia.publico.pt
"A Caixa Geral de Depósitos tem neste momento 1300 milhões de euros de fundos estatais da Líbia depositados em quatro contas que foram congeladas em Março ao abrigo das sanções internacionais contra o regime de Khadafi, confirmou o PÚBLICO junto de várias fontes da banca, do Governo e da diplomacia ao longo dos últimos sete meses.

Publicação THE BESTS relacionada: Vídeo - Kadafi torturado momentos antes de ser abatido a tiro pelos rebeldes 
Enviar um comentário