Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Ministro da Economia Álvaro Santos Pereira no Programa da RTP 1 Prós e Contras - Os 5 Princípios da Política Económica a Implementar pelo Ministro da Economia

Nota: Escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico
26 de Setembro de 2011 - Ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, é Convidado da Jornalista Fátima Campos Ferreira, para o Programa da RTP 1 Prós e Contras

Álvaro Santos Pereira: Em 6 Meses de Governação do Atual Governo, Portugal vai sofrer uma Mudança Radical

O Ministro da Economia do Atual Governo de Pedro Passos Coelho, anunciou ontem no Programa da RTP 1 "Prós e Contras" que Portugal em 6 meses vai ficar irreconhecível, já que a mudança para melhor será rápida e acertada.
Para o efeito, O Ministro da Economia anunciou os 5 Princípios Económicos basilares da sua estratégia:

1) Mudar o Modelo Económico;
2) Ultrapassar o Problema do Financiamento;
3) Potenciar e Rentabilizar ao Máximo os Projetos decorrentos do Fundo Estrutural designado por QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional);
4) Promover o Novo Modelo de Governação das Empresas Públicas. É preciso controlar o endividamento público e restruturar as empresas públicas;
5) Promover uma nova Política Económica que fomente a Competitividade e o Emprego.

Álvaro Santos Pereira sublinhou ainda que é preciso promover uma maior abertura da Economia Portuguesa ao exterior e aumentar as exportações em 34% a 35% do nosso PIB. É preciso apostar forte na Internacionalização da Economia Portuguesa e abertura ao exterior, já que isso constitui um Desígnio Nacional. Há que incentivar as empresas inovadoras e promover a restruturação empresarial.

Vai haver um Programa de Apoio de 100 Milhões de Euros  para incentivar as Empresas a contratarem pessoas que estejam na situação de desempregados há mais de 6 meses e que, deste modo, poderão receber formação nessas empresas. Este Programa deverá abranger 35 000 Mil Desempregados que irão receber um subsídio mensal de 420 €.

A aposta na Energia Nuclear vai ser uma possibilidade a considerar.

Referiu ainda o Ministro que é preciso apostar nas nossas vantagens comparativas. Por exemplo, os sectores do calçado e têxteis em Portugal, não só sobreviveram, como também se fortaleceram, graças ao forte investimento em design e inovação.
É necessário apostar mais nos Países Lusófonos.

O Ministro referiu ainda que está prevista a Instalção de uma Empresa Multinacional de prestígio Mundial no nosso País.

Sublinhou também que é necessário mudar a mentalidade económica e empreendedora. A Insolvência não tem que ser a morte das empresas, mas antes o início de um processo de restruturação.

Quanta à linha de alta velocidade, o Ministro da Economia referiu que vai haver um comboio rápido para transporte de passageiros e mercadorias entre Portugal e Espanha, em Bitola Europeia, de modo a facilitar a ligação de transporte ferroviário à Europa, sobretudo de mercadorias, com custos muito menos onerosos.

O Projeto do Comboio de Alta Velocidade designado por TGV vai ser abandonado e substítuido por um outro projeto que é também de velocidade elevada, mas muito mais económico. As novas ligações por transporte ferroviário serão entre Sines e Madrid e entre Aveiro e Salamaca. A Espanha está disponível para realizar a sua quota parte da obra e que consistirá na construção da linha de caminho de ferro em bitola europeia, até à fronteira com França.

Publicação THE BESTS relacionada: Governo de Passos Coelho Trava TGV mas Encontra uma Solução bem mais Barata e Vantajosa
Enviar um comentário