Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Jornalista que Denunciou Escutas Telefónicas Ilegais do Jornal News of The World foi Encontrado Morto

Novo acontecimento associado (?) ao Escândalo do Jornal "News of The Word", propriedade do Magnata  Rupert Murdoch vs Jornalista que denunciou as escutas telefónicas ilegais do Tabloide, apareceu morto

Jornalista Sean Hoare que denunciou as escutas telefónicas ilegais do Jornal Britânico "News of The World", foi ontem encontrado morto em sua casa, em Watford.
A Polícia Britânica ainda desconhece as causas da morte de Sean Hoare, mas o resultado da autópsia poderá ser revelado ainda durante o dia de hoje.

Devido ao facto de se tratar do Jornalista que recentemente denunciou as escutas telefónicas levadas a cabo pelo Jornal número na Grã Bretanha, News of The World, propriedade do Magnata Robert Murdoch e cuja consequência foi o encerramento do prestigiado Tabloide Britânico, subsiste a dúvida em se saber se Sean Hoare terá sido vítima de morte natural, ou se pelo contrário, terá existido mão criminosa por detrás do estranho desaparecimento do referido jornalista.


Resta-nos aguardar pela divulgação dos resultados da autópsia ao corpo de Sean Hoare, para serem conhecidas a causas da morte do Jornalista.

Transcrevemos notícia publicada em dn.pt:
"Ex-jornalista morto: Sean Hoare denunciou escutas do News of the World
Sean Hoare denunciou que as escutas telefónicas ilegais eram "endémicas" no 'News of the World'. Foi encontrado morto em casa.
As causas da morte de Sean Hoare estão por esclarecer, mas não é considerada suspeita, segundo avançaram as autoridades policiais.
O corpo foi encontrado às 10.40 da manhã na casa do jornalista em Watford. A polícia foi ao local depois de alguém ter ligado demonstrando preocupações com o bem-estar do homem que vivia na casa.
Hoare revelou ao 'The New York Times' que as escutas ilegais no 'News of the World' eram mais comuns do que os seus responsáveis diziam. Mais tarde, disse à BBC que estas eram "endémicas".
O ex-jornalista revelou ainda que Andy Coulson (antigo chefe de redacção do News of the World e depois director de comunicações de David Cameron) lhe tinha pedido para escutar telefones. Coulson negou a acusação."
Fonte: dn.pt
Filipa Bragança
Enviar um comentário