Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

sábado, 21 de maio de 2011

Debate José Sócrates vs Pedro Passos Coelho

No decorrer do debate entre José Sócrates e Pedro Passos Coelho, o actual Primeiro-ministro, acusa Pedro passos Coelho de só falar mal do país. Passamos a citar:
  • "Já chega de dizer sempre mal do seu País e de usar expressões como bancarrota",
Mais uma vez, José Sócrates, ao seu melhor nível, sempre que questionado ou contrariado, reage com agressividade e com o propósito de continuar a confundir os Portugueses.
Ora vejamos:
  • Dizer que Portugal está numa situação crítica e de extrema gravidade, não nos parece que seja falar mal do País;
  • Dizer que Portugal está a atingir um cenário de Bancarrota, não nos parece que seja falar mal do País;
  • Dizer que Portugal, se não tomar medidas Urgentes, poderá entrar numa situação de incumprimento e ruptura financeira, não nos parece que seja falar mal do País;
  • Reconhecer que Portugal poderá necessitar de ajuda para resolver os seus graves problemas, não nos parece que seja falar mal do País;
Parece-nos sim, que são afirmações com fundamento que, se ouvidas a devido tempo, poderiam ter evitado um acrescentar de gravidade aos problemas do País e dos Portugueses.
Já o facto de, o governo e principalmente o Primeiro-ministro, destes últimos 6 anos, NÃO TEREM TIDO A HUMILDADE de reconhecer que poderiam ter falhado, ao ponto de terem recorrido a ajuda em tempo útil, evitando assim um agravar dos problemas do País, nos parece uma atitude MESQUINHA, ANTIPATRIOTA e DESONESTA que prejudicou, de uma forma extremamente gravosa, Portugal, os Portugueses e as Gerações Vindouras.
ESTA SIM É UMA ATITUDE EXTREMAMENTE CONDENÁVEL E QUE TRANSMITE UMA IMAGEM, NO EXTERIOR,  COMPLETAMENTE HUMILHANTE, DE PORTUGAL E DOS PORTUGUESES.
Com certeza que não é pelos avisos que tenha feito Pedro Passos Coelho ou outras tantas personalidades que, Portugal se encontra na crise em em que está e tem, neste mesmo instante, uma imagem de PAÍS de 3º MUNDO!!!
Deve-se sim à INCOMPETÊNCIA dos nossos políticos e, principalmente a INCOMPETÊNCIA, DESONESTIDADE e FALHANÇO REDUNDANTE das políticas adoptadas nestes últimos 6 anos de governação.
Será bom recordar que, o actual primeiro ministro de Portugal, é um Profissional da política, com 37 anos de actividade (desde 1974), pelo que, caso fosse COMPETENTE E HONESTO, tinha a obrigação de ter feito mais e melhor. Mas também é verdade que, numa das poucas profissões, fora da política, que se lhe conhece, não denota ter tido sucesso profissional – basta ver as REPREENSÕES POR DESLEIXO PROFISSIONAL, passadas pela Câmara Municipal da Guarda (por ventura o único bastião do PS em Portugal uma vez que, nunca mudou de cor politica desde 1974).
José António Vilaverde 

Enviar um comentário