Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

PCP e Bloco de Esquerda Recusam Reunir com FMI, BCE e Comissão Europeia

Partido Comunista Português (PCP) e Bloco de Esquerda (BE) vão faltar às reuniões com as Instituições Internacionais (Fundo Monetário Internacional, Banco Central Europeu e Comissão Europeia).

Transcrevemos excerto da noticia publicada em clix.visao.pt

Ajuda Externa
PCP e Bloco de Esquerda recusam encontro com instituições internacionais Os dois partidos de Esquerda não pretendem comparecer em nenhuma reunião com a 'troika' do Fundo Monetário Internacional, Banco Central Europeu e Comissão Europeia.
O líder da equipa do FMI, Poul Thomsen (na imagem), esteve reunido no Ministério das Finanças, juntamente com os chefes das delegações do BCE e da Comissão Europeia, o governador do Banco de Portugal e Teixeira dos Santos.

O PCP recusou reunir-se com as instituições internacionais sobre a ajuda externa a Portugal, rejeitando envolver-se num processo que considera constituir "uma inaceitável atitude de abdicação e submissão nacional".

O Bloco de Esquerda foi convocado para um encontro durante a tarde com as instituições internacionais, mas não vai comparecer por considerar a reunião "inoportuna".

Resumindo os argumentos apresentados pelos dois Partidos:
- O PCP argumenta ainda que não comparece à reunião porque existem outras formas de solucionar a crise e foi o Governo PS que solicitou a Ajuda Externa.
 - Para o Bloco de Esquerda (BE) cabe ao Governo negociar com a Troika e não aos restantes Partidos. No entanto o BE irá apresentar soluções.

O Partido Ecologista os verdes também se recusa a negociar copm a Troika.
Fonte: clix.visao.pt

Enviar um comentário