Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Funcionários Públicos, Equiparados e Pensionistas da Classe Média vão Pagar a Actual Crise!

28 - 11 - 2011 - Assembleia da República decidiu Corte de Subsídios de Natal e de Férias para Funcionários Públicos, Equiparados e Pensionistas, para os anos de 2012, 2013 e quem sabe (!?) anos seguintes.

O Parlamento Português aprovou hoje com votos favoráveis do PSD e CDS, abstenção do PS e a Oposição dos restantes Partidoso, o Corte dos Subsídios de Férias e de Natal de Funcionários Públicos, Equiparados e Pensionistas, sendo progressiva só a partir dos rendimentos acima dos 600 Euros.
perda dos dois subsídios (Férias e Natal) será aplicada aos Funcionários Públicos, Equiparados e Pensionistas cujos rendimentos se situam acima de 1100 Euros, ou seja, todos os Cidadãos Portugueses da Classe Média que se encontram na condição de Funcionários Públicos, Equiparados e Pensionistas, serão os sacrificados que irão Pagar a maior fatia da actual crise. Este corte a partir dos  € 1100 contou apenas com o voto favorável do PSD e CDS e os votos contra de todos os restantes Partidos da Oposição, incluindo o PS.

Parlamento aprova corte só a partir dos 600 euros e perda de dois subsídios acima de 1100 euros (SIC)
Enviar um comentário