Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

sábado, 13 de agosto de 2011

Governo Anuncia Novo Modelo de Avaliação de Professores

Governo PSD/CDS anuncia Novo Modelo de Avaliação de Professores no Ensino Público, a partir do Ano Lectivo 2011/2012
Vão manter-se as quotas para atribuição das Classificações de Muito Bom e Excelente e vai haver uma avaliação interna e uma externa.
Ainda segundo o Ministério de Nuno Crato, os professores mais antigos, nomedamente, dos 8º, 9º e 10º Escalões, não vaõ ser sujeitos a avaliação. Estes professores representam cerca de 1/3 do total dos professores efectivos, ou seja, 30 a 40 mil professores, entre um total de cerca de 120 mil efectivos.
Transcrevemos excerto da notícia publicada em tv1.rtp.pt,:
"O Ministério da Educação enviou aos sindicatos a nova proposta de modelo de avaliação de professores. O documento prevê uma avaliação interna feita em todos os escalões e na qual participa a escola em que o professor dá aulas, e uma componente externa, centrada na observação das aulas e realizada por avaliadores externos.
O novo modelo que ontem foi entregue aos sindicatos e disponível no Site do Ministério da Educação, prevê que “os ciclos de avaliação serão mais longos, coincidindo com a duração dos escalões da carreira, o que permite uma maior tranquilidade na vida das escolas e que todos os professores participam no processo sem prejudicar o seu trabalho com os alunos”

(...) Cumprindo os princípios gerais anteriormente apresentados e garantindo que nenhum docente será prejudicado pelos resultados das avaliações obtidas nos modelos de avaliação precedentes, após o final do primeiro ciclo de avaliação cada docente optará para efeitos de progressão na carreira pela classificação mais favorável nos três ciclos entretanto realizados.

Os professores irão realizar um “ relatório de autoavaliação que tem por objectivo envolver o avaliado na identificação de oportunidades de desenvolvimento profissional e na melhoria dos processos de ensino e dos resultados escolares dos alunos.

A avaliação terá uma natureza externa no caso dos docentes em período probatório, dos docentes nos 2.º e 4.º escalões da carreira e sempre que o avaliado requeira a atribuição da menção de Excelente. Para este efeito, será constituída uma bolsa de avaliadores formada por docentes de todos os grupos de recrutamento, sendo a avaliação externa centrada na observação de aulas e no acompanhamento da prática pedagógica e científica do docente.


Esta proposta vai servir de base à negociação com as organizações sindicais de professores, e a primeira ronda está marcada para os dias 22 e 23 de Agosto."  
Governo já entregou novo modelo aos sindicatos
Fonte: tv1.rtp.pt
Enviar um comentário