Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Portugal na Bancarrota? - Execução Orçamental de Janeiro de 2011 até Julho de 2011 vs Dívida Pública - Comparação entre Despesas e Receita do Estado

Será que Portugal já se encontra na Bancarrota?
Será que Portugal vai um dia conseguir pagar a sua Dívida Contraída junto da Banca, Troika e de outros credores?

Execução Orçamental - JANEIRO a JULHO de 2011
Transcrevemos informação publicada em: http://dividapublicaportuguesa.blogspot.com/

Receita Total = 20662.2M€ (+868.5M€ ; +4.4%)
Das quais:
Receitas fiscais : 18318.3M€ (+755.90M€) ; +4.3%)
IRS : 3997€ (+80.1M€ ; +2.0%)
IRC : 3285.6€ (-90M€ ; -2.8%)
IVA : 7398.2€ (+809M€ ; +12.3%)
ISP : 1345.6€ (-38.1M€ ; -2.8%)

Despesa Total = 27349M€ (-1374.6M€ ; -4.8%)
Despesa Corrente Primária : 22048.3€ (-1900.5M€ ; -7.9%)
Despesa de Capital : 1931.4€ (-194.4M€ ; -11.2%)

Saldo= - 6686,8 M€ ( aprox. 4% PIB previsto em 2011 ) = Valor do Défice Orçamental do Estado Português de 1 de Janeiro de 2011 a 31 de Julho de 2011= 27 349 M€ - 20 662,2 M€ = 6686,8 M€

- Despesas com pessoal: -658.6 M€ (-10.1%) - Esta despesa continua controlada pela redução salarial, passagem à aposentação de muitos funcionários e redução na contratação de novos funcionários.

- Aquisição de bens e serviços correntes: +199.7 M€ (+42.7%) - Na execução deste mês vem referido que o aumento desta rubrica tem, na sua quase totalidade, a ver com "a despesa da ADSE que foi objecto de reclassificação para a rubrica de “aquisição de bens e serviços" em 2011

- Juros e outros encargos: +331.4M€ (10.9%) - a reflectir o aumento da dívida e das taxas de juro

- Pensões pagas pela CGA: +169 M€ (+3.5%)

- Pensões pagas pela SS: +236 M€ (+3.0%)

Mais números muito negros:
Valor total acumulado da Dívida Pública Portuguesa em 31 de Julho de 2011 ultrapassa os 172 Mil Milhões de Euros.
Dívida Pública Total no final de Junho de 2011= 172.393.241.183,44€ (ou seja ou seja, 172 393, 241 M€)

Isto significa que a Dívida Directa do Estado é agora de 100% do PIB, ou seja, pode-se dizer que tecnicamente Portugal está na Bancarrota (Portugal não é solvente por si próprio).

Apesar do cenário negro, parece-nos que o Governo de Pedro Passos Coelho, em cerca de dois meses de Governação, já apresenta resultados positivos, uma vez que aumentou a Receita Total em 4,4% e baixou a Despesa Total em 4,8%. Esperamos que o novo Governo ainda consiga salvar o País. 

No cenário actual, o não aumento da dívida até final deste ano seria uma notícia excelente.
As coisas estão bem encaminhadas para o objectivo de 5.9% de défice no final do ano.

Por curiosidade, ficam ainda os números médios diários da Dívida Pública Portuguesa:
- Média diária em 2011 (até final de junho) : 113.914.986€;
- Média diária em 2010 : 52.132.112€;
- Média diária em 2009 : 39.133.457€
De salientar que os juros pagos por Portugal decorrentes da venda de Dívida Pública, segundo "http://www.portais.ws/?page=art_det&ida=3428" foram em 2008 de 4 817 milhões de euros. Em 2011 deverão ultrapassar largamente os 5000 milhões de euros.

 Nota: Ao abrigo do Pacto de Estabilidade e Crescimento da UE, os Estados membros devem manter a sua dívida pública abaixo dos 60 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) e o défice abaixo dos três por cento do PIB. (Fonte: economico.sapo.pt)
Enviar um comentário