Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Raparigas Agridem Brutalmente uma Jovem de 13 anos vs Estaremos a Criar Monstros?

Rapariga de 13 anos é brutalmente agredida física e psicológicamente por duas raprigas adolescentes. 
Jovem de 13 anos é violentamente agredida e pontapeada na cabeça repetidamente por outras duas raparigas.

Como tem sido noticiado na comunicação social e é conhecimento público, uma adolescente de 13 anos foi violentamente agredida, fisica e psicológicamente, nas traseiras de um prédio em Benfica, por duas raparigas, uma com 15 anos e outra com 16 anos. 
A Polícia já identificou as agressoras e espera-se que a justiça actue na defesa da jovem agredida, bem como no sentido de evitar que no futuro se repitam agressões com tamanha violência sobre outros jovens.
 Toda a cena foi filmada por um jovem de 18 anos que já tem antecedentes criminais, sendo de salientar que tanto este jovem, assim como os restantes que assistiriam, se divertiram coma cena de agressões, tal como se de um video ou de um jogo de computador se tratasse.

Questões:
  • Como é possível que possa ocorrer tão bárbara agressão levada a cabo entre jovens?
  • Estão a perder-se valores essenciais da sociedade (Respeito, consideração, moralidade, dever de cidadania)
  • Onde é que nós sociedade falhámos?

Respostas possíveis:
  • Falha a justiça que não actua da forma que se impunha, perante a gravidade dos actos praticados. Independentemente da idade dos jovens, actos desta natureza, deveriam ser punidos com firmeza;
  • Falham os educadores (país, encarregados de educação, tutores, professores, etc) que muitas vezes se demitem do seu papel de formadores dos jovens, já que uma das suas missões consiste em transmitir os valores do respeito e da cidadania, o que nem sempre acontece;
  • Falha a comunicação social que se demite de exercer e contribuir com um serviço público minimo que visa contribuir para a formação moral e cívica dos nossos jovens.
Solução:
  • A Justiça deve rever urgentemente as normas jurídicas a aplicar nestas situações;
  • Os pais, encarregados de educação, tutores e professores, devem asumir o importante papel que têm na formação moral e cívica dos jovens e não se devem demitir dessa função; 
  • Conhecendo o impacto que os meio de comunicação social têm sobre os jovens, sobretudo a televisão, agentes  reguladores da comunicação social, televisões e comunicação social em geral, deveriam estabelecer um código de conduta que permita assegurar um serviço minimo de informação e de formação, em prol de um contributo sério para a formação cívica e moral dos nosso jovens, com vista a que todos em conjunto consigamos construir uma sociedade melhor.
A Cena de violência é de uma brutalidade aterradora e, para além do mais, evidencia requintes de malvadez e de sentimentos de   cobardia nestes jovens que agridem e que assistem, já que são vários os que agridem, observam, riem e se divertem à custa da violência exercida sobre uma jovem vítima de 13 anos que foi isolada e se encontra encurralada e indefesa.

De salientar ainda que todos os jovens que aparecem no filme já foram identificados e que a rapariga agressora de 16 anos, já pode responder em tribunal pelo crime de ofensas corporais.



Reveja aqui o vídeo da agressão (contém imagens violentas que podem ferir a sensibilidade de alguns leitores)
 Fonte: aeiou.expresso.pt
rapariga agredida violentamente por duas adolescentes
Catarina Teixeira
Enviar um comentário