Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

DÍVIDAS DOS GOVERNOS SÓCRATES VS TODOS OS OUTROS GOVERNOS

Em termos comparativos, em 35 anos de governos na 3ª republica (1976 – 2011), 15,5 anos foram de governos PSD (a sós e/ou com coligações) e 18,6 anos foram de governos PS (a sós e/ou com coligações).
Nestes períodos, os governos PSD /coligações permitiram um valor médio anual de dívida a rondar os 3,5 mil milhões de euros enquanto que os governos PS /coligações permitiram um valor médio anual de dívida a rondar os 6,1 mil milhões de euros. Poder-se-á afirmar que os governos PS foram, sem margem para duvida, bem mais gastadores do que os governos PSD. No entanto, também será justo referir que, NOS ÚLTIMOS 6 ANOS DE GOVERNAÇÃO PS, COM JOSÉ SÓCRATES À FRENTE DO PARTIDO, O AUMENTO DA DÍVIDA FOI SUPERIOR À CONTRAíDA ATÉ ENTÃO POR TODOS OS GOVERNOS PS.
Aliás, a Dívida contraída durante a governação de José Sócrates, foi SUPERIOR a TODA a DíVIDA CONTRAíDA DURANTE TODOS OS GOVERNOS DA 3ª REPÚBLICA.
Isto que dizer que, ENDIVIDOU MAIS O PAÍS, o sr. José Sócrates, em 6 anos de GOVERNAÇÃO, do que todos os outros governos (PS / PSD ou outros) em 29 anos de Governação.
Realmente, as palavras são muito bonitas e poderão ser, já que se trata de um “engenheiro”, ENGENHOSAMENTE manipuladas mas, não conseguem desmentir os factos e contra Factos não há argumentos. Comparação
Já é hora de o Povo abrir os Olhos, deixar o conforto dos sofás e passar a assumir as suas responsabilidades, castigando, de forma severa, quem tanto mal fez a Portugal e aos Portugueses.
A ESCOLHA É NOSSA.
  • DECIDIR SE QUEREMOS CONTINUAR A ACREDITAR EM MENTIRAS (bonitas ou não); 
  • DECIDIR SE QUEREMOS QUE PORTUGAL SE CONSIGA REERGUER DO PÂNTANO ONDE O COLOCARAM. 
Esperemos pois que, na hora da Verdade (5 de Junho), o POVO Português tenha o discernimento de reconhecer quem realmente nos tem prejudicado e agir em conformidade.
José António Vilaverde
Enviar um comentário