Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

«Sócrates deve renunciar à recandidatura a PM»


Este não é um repto lançado pelo TheBests2010 mas sim por um socialista convicto como é o ex-presidente da Câmara de Matosinhos, Narciso Miranda.
Este membro do PS recorda a José Sócrates as palavras proferidas, pelo mesmo, há pouco mais de 15 dias - "não estou disponível para governar se o FMI vier a entrar em Portugal", para oito dias depois, reforçar esta tese dizendo - “Este é o momento [estava a referir-se às próximas eleições] dos portugueses escolherem se querem um Governo com o FMI ou sem o FMI».
Argumenta, este membro do Partido Socialista, que:
  • «é legítimo propor ao Eng. José Sócrates para dar um sinal de grande desprendimento do poder, de grande humildade política, renunciando à recandidatura ao cargo de primeiro-ministro»;
  • «Se o fizer, presta um grande serviço ao PS”;
  • «há aqui uma questão que já não é só política mas que para além disso é uma questão de carácter»;
  • «Se ele fizer isso vai abrir caminho para que, seja qual for o resultado das eleições, se concretize um grande objectivo que é o de se criar um Governo com uma ampla maioria, forte, credível, que diga a verdade, que deixe de enganar os portugueses para resolver esta grande alhada para que nos conduziram nos últimos dois, três anos e que se agravou perante esta enorme teimosia do primeiro-ministro por não ter tomado a decisão mais cedo».
Pois é, que dizer depois desta argumentação? Será, afinal, um ataque cerrado e sem justificação ao amado líder numa tentativa de lhe usurparem o poder?
Queremos crer que não. Acreditamos que a unica razão porque mais uma voz socialista se levanta contra o líder é pelo facto de reconhecerem, e já não o poderem esconder, que estes últimos anos de governação foram deveras vergonhosos, tendo-se praticado actos verdadeiramente criminosos contra ao País e os Portugueses.
Claro está que, as vozes que agora se levantam, poderiam ter surgido mais cedo mas, também acreditamos que talvez não tivessem tido hipótese.
Afinal onde estão os verdadeiros socialistas honestos e patriotas? Acreditarmos, sem margens para duvida, que eles existem, no entanto, também acreditamos que, por algum poder obscuro, terão sido intimidados e pressionados a não falar, tendo-se mantido na retaguarda à espera de uma oportunidade para poderem dar azo, às suas vozes, contra a ditadura interna que se instalou no Partido.
Infelizmente, pensamos que o sr eng. sócrates não irá aceitar o repto. Acreditamos que tem muita coisa a esconder e fará tudo para que a verdade não venha ao de cima.
Também acreditamos que, a aceitação deste repto, apenas seria possível com a promessa de não remexerem nos actos de gestão (e não só) praticados nestes últimos anos.
Cabe pois, ao POVO Português, tirar as suas ilações deste e de muitos outros reptos lançados a este sr. que, à semelhança do mais rasco ditadorzeco, se mantém aferrado ao poder.
José António Vilaverde 
Enviar um comentário