Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

terça-feira, 26 de abril de 2011

Intervenção do FMI deve levar a Corte de Salários no Privado

Redução de Salários pode atingir o Sector Privado Português

Entrada do FMI, BCE e Comissão Europeia pode levar a Corte de Salários no Sector Privado Nacional

Intervenção do FMI, BCE e Comissão Europeia (Troika), pode Cortar Salários no Sector Privado Português.

Transcrevemos excerto da notícia publicada em sol.sapo.pt
"A intervenção do FMI em Portugal deverá desencadear um corte de salários no sector privado. A troika quer também agilizar as regras do mercado de trabalho e tornar os despedimentos mais fáceis.
A intervenção do FMI em Portugal deverá desencadear um corte de salários no sector privado. A troika quer também agilizar as regras do mercado de trabalho e tornar os despedimentos mais fáceis. O artigo constitucional que impede os despedimentos sem justa causa foi abordado nas discussões com sindicatos e patrões.
Dos encontros entre os técnicos estrangeiros e as entidades patronais e sindicais surgiu a indicação de que a intervenção externa deverá resultar num corte dos vencimentos no sector privado, através da redução dos pagamentos por trabalho extraordinários e outros suplementos. João Vieira Lopes, da CCP, admitiu que a troika fez questões sobre como «baixar os custos de contexto».
O Código do Trabalho não permite reduções das remunerações-base, mas há vários campos onde a lei pode actuar, nomeadamente através da legislação fiscal e contributiva: nas horas extraordinárias, no subsídio de alimentação e nas ajudas de custo."
Intervenção do FMI deve levar a corte de salários no privado (Sol)
Fonte: sol.sapo.pt
José Luís Magalhães
Enviar um comentário