Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Entrada de Ajuda Externa em Portugal Representa Atestado de Incompetência ao Governo?

Eis uma questão bem legitima! No dia de ontem, Sócrates rejeitava categoricamente cenário de ajuda externa, mesmo com os compradores de Dívida Pública a exigerem taxas de Juro cada vez mais elevadas e que já ultrapassavam os 10%! Enquanto o mundo desmoronava à nossa volta, Sócrates culpava a oposição, rejeitava a Ajuda Externa e não via o evidente.
No dia de hoje, um Sócrates pressionado, não teve coragem de o anunciar e foi o Seu Ministro das Finanças Teixeira dos Santos que anunciou ao País e ao Mundo, o Pedido de Ajuda Externa. À noite, um Sócrates contrariado confirma pedido de ajuda, aproveitando  para fazer o seu "jogo" de vitimização. Jogo em que é perito, mas que cada vez resulta menos.
Sócrates resistiu à entrada da Ajuda Externa em Portugal até à última, por questão de orgulho pessoal e de imagem, uma vez que tal pedido de ajuda representa um atestado de incompetência ao seu Governo, pois foi este Governo que nos últimos 6 anos nos conduziu para este buraco. Agora, temos que nos libertar deste buraco que se traduz nesta crise violenta. A crise é uma tempestade, mas não é o naufrágio.
Filipa Bragança
Enviar um comentário