Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

David Duarte de 29 anos foi transferido de urgência para o Hospital de S. José devido a uma hemorragia cerebral resultante de um aneurisma, mas poderá ter falecido por falta médico neurocirurgião ao fim de semana

David Duarte de 29 anos foi transferido de urgência para o Hospital de S. José devido a uma hemorragia cerebral resultante da rutura de um aneurisma, mas poderá ter falecido por ter ficado três dias à espera de uma intervenção cirúrgica urgente, devido à falta de médicos especialistas em neurocirurgia e equipa auxiliar ao fim de semana. 
Foi com muita tristeza que neste Dez de 2015 tomámos conhecimento desta muito triste notícia e daqui endereçamos as sentidas condolências à família!

Segundo José Manuel Silva, Bastonário da Ordem dos Médicos, a falta de médicos ao fim de semana é "estupidez pura e dura".
Segundo notícia publicada em tvi24.iol.pt, é referido: "Na comunicação, Luís Cunha Ribeiro adiantou que "foram tomadas medidas" para que situações análogas não voltem a acontecer.
"A partir de agora, foi autorizado que passe a haver resposta para situações deste género. Hoje, doentes em situações semelhantes não terão o mesmo destino do que ocorreu há uma semana", declarou. 
 Luís Cunha Ribeiro, que lamentou o ocorrido e endereçou condolências à família do jovem que morreu, disse que a ARSLVT solicitou ao conselho de administração do Centro Hospitalar Lisboa Central a instauração de um inquérito, o mesmo fazendo junto da Inspeção-Geral da Saúde."

O ideal seria terem-se evitado estas mortes por falta de assistência médica especializada, mas pelo menos agora vão ser tomadas medidas no sentido de colmatar esta lacuna mortal! Já diz o ditado, "depois de casa assaltada, trancas à porta!"

Relativamente a toda este processo, o ideal seria que não tivessem ocorrido os cortes cegos, absurdos e insensíveis levados a cabo pelo anterior governo PSD/CDS-PP, como foi por exemplo o corte numa área vital que é a saúde! Se houvesse bom senso, sensibilidade e respeito na aplicação dos cortes, certamente que as vidas de 5 pessoas que foram vítimas de falta de assistência médica ao fim de semana por força dos cortes, poderiam ter sido poupadas! De tão grave que é. até ficamos sem palavras! :-( 
Ainda relativamente à morte de David Duarte, Fernando Costa, ex. Presidente da Câmara Municipal de Caldas da Rainha pelo PSD e atualmente autarca em Loures, na sua página do FB crítica o ex Ministro da Saúde, Paulo Macedo que vem do anterior governo de Pedro Passos Coelho, pela grave falha na saúde e pergunta a Paulo Macedo, e diz: "Dr Paulo Macedo, quando vem pedir desculpas públicas às famílias e aos portugueses. ?!
E NÃO BASTA A DEMISSÃO..."


Fonte:

Publicação THE BESTS relacionada: 

Filipa Bragança
Enviar um comentário