Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

domingo, 9 de setembro de 2012

Austeridade de Passos Coelho para 2013: Afinal o Setor Privado pode perder 2 salários líquidos anuais e o Setor Público pode perder 3 salários líquidos anuais

Implosão da Economia Nacional em Marcha - Atualização em 9 de Setembro de 2012

INDIGNEM-SE!
Agora é que o Pedro Passos Coelho se passou de vez! Se presentemente a situação económica e social em Portugal já é uma catástrofe e o País caminha para o colapso por via da brutal perda de poder de compra dos Portugueses, em consequência da política de austeridade excessiva que incide sobre as famílias e sobre alguns setores do pequeno comércio e da restauração, se for aprovado o aumento de austeridade que Pedro Passos Coelho anunciou agora para essas mesmas famílias, isso representa uma sentença de morte imediata para a economia nacional!
 
Recordamos que a Taxa Social Única consiste no desconto para a Segurança Social a pagar pelos trabalhadores. Presentemente a TSU para trabalhadores dependentes é de 11% sobre o rendimento bruto, mas se for aprovada a nova proposta do Governo PSD, a TSU a pagar pelos trabalhadores dependentes passará a ser de 18%!
 
Se fizermos alguns cálculos, depressa verificamos que a perda do poder de compra para os trabalhadores do setor privado afinal pode ir até aos dois salários anuais e no setor público pode ir até aos três salários anuais, e ainda nem estamos a levar em linha de conta o aumento anunciado para os escalões do IRS!
 
Abram a página do jornaldenegócios.pt e através das tabelas que são apresentadas, façam as contas e vejam quanto vão ter de perda nos vossos rendimentos líquidos, únicamente por via do aumento da Taxa Social Única (TSU) que consiste no desconto para a Segurança Social!
Enviar um comentário