Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

PSD faz uma Chamada Telefónica para o 112 para Testar Tempo de Resposta do Serviço vs Ingenuidade de Gupo de Deputados do PSD

PSD efectua chamada para o 112 para testar o tempo de resposta daquele serviço. PS acusa PSD de efectuar chamada ilegal para o 112.
Este episódio recambolesco ocorreu no decorrer de uma sessão parlamentar, onde estava a ser ouvido o Presidente do INEM para prestar esclarecimentos sobre a capacidade de resposta do 112 e do INEM às chamadas telefónicas de urgência.

A certa altura, a Deputada Joana Barata Lopes do PSD, surge com um aparente "trunfo" e faz uma declaração geradora de uma enorme confusão. A este propósito transcrevemos excerto publicado em economico.sapo.pt:
 "A deputada social-democrata questionava os dados apresentados pelo presidente do INEM, que davam conta de um tempo de espera de cinco segundos em 62 por cento das chamadas, afirmando que o seu grupo parlamentar fez uma chamada para o 112 e esperou 14 segundos".

Comentário THE BESTS: A Deputada do PSD que fez a declaração, assim como o Grupo de Deputados do PSD que efectuou o teste de ligar para o 112 para determinar o tempo de espera, foi profundamento ingénuo!
Helooooo...
Acordem senhores deputados e políticos. Focalizem-se no essencial que é o que todos precisamos e não se distraiam com o acessório. Se era necessário efectuar uma chamada para o 112 a fim de determinar o tempo de espera daquele serviço, os deputados não tinham legitimidade formal para o fazerem daquela forma. 
Sob o ponto de vista da pedagogia social, é uma atitude que deixa muito a desejar, até porque pode ser copiada por por qualquer jovem que, ao saber que um deputado o fez, porque não repetir também a experiência/teste?
Poderia ser um pequeno grupo de avaliação que, nomeado e legitimado para o efeito, teria a capacidade moral, cívica, ética e quiça legal, para o fazer. Se um grupo de deputados do PSD resolveu fazer o teste por sua livre iniciativa, já se sabe que iriam criar um enorme problema e um grande embaraço ao Partido, visto não terem legitimidade formal para tal.

Neste momento o PSD tenta arranjar argumentos para justificar tal acto, enquanto o PS e a Associação dos Médicos de Emergência condenam tal inicitiva e arrazam autores da iniciativa. Enquanto isso, consomem-se recursos, já que o tempo consumido para discutir se  a chamada feita por livre iniciativa do Grupo Parlamentar do PSD para o 112, será ou não legal, consome muito tempo e este, como todos sabemos, agora mais do que nunca, é um recurso escasso.

De uma coisa temos a certeza. Tal chamada, pelo menos sob o ponto de vista formal levanta dúvidas. Feita e apresentada daquela forma, dá muito que pensar, já que as chamadas indevidas e as brincadeiras de mau gosto para o número 112, são um problema gravíssimo que atinge e provoca constrangimentos naquele serviço e constitui um péssimo exemplo de falta de civismo dado por quem pratica tal acto.
Senhores deputados, sejam inteligentes e lúcidos. Não percam tempo com ingenuidades e ataquem os reais problemas do País! O tempo de resposta do 112 e do INEM é obviamente um tema de crucial importância, mas as coisas não devem ser tratadas com abordagens algo infantis a meu ver e que fazem lembrar um qualquer jovem que se lembra de ligar só por ligar e que depois diz: "Era só para testar"!
Esperamos siceramente que este problema tenha sido apenas um episódio isolado, porque caso contrário, estamos a começar mal senhores deputados.

PSD explica chamada para o 112 (DE)
Fonte: económicpo.sapo.pt
Catarina Teixeira
Enviar um comentário