Bem vindos

Missão

Tentar destacar os melhores (ou os piores), nas diferentes temáticas, criando um espaço de livre debate.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Recruta da Marinha Vítima de Agressões Físicas por Parte de Colegas Recrutas vs Contributo das Forças Armadas Prestado em Benifício do País

Vídeo (ver em baixo): Recruta da Marinha vítima de Bullying violento com agressão física cometida por outros colegas recrutas a cumprir o serviço militar no Barreiro.
Este facto aconteceu há alguns meses.

Muita preocupação com as últimas duas notícias graves sobre ocorrências trágicas no seio da Instituição Militar Portuguesa. Primeiro foi uma rapariga civil de 18 anos que faleceu  dentro de uma unidade militar na zona de Vila Nova de Gaia, num exercício de slide quando cumpria o seu dever de participar no dia da defesa nacional.
Agora, é um jovem recruta da Marinha Portuguesa que é vítima de Bullying violento e deprimente, com agressões físicas por parte de colegas recrutas  e que só deixam antever a rudeza e a má formação de base destes jovens recrutas agressores. Atitude violenta e cobrade. 6 contra um indefeso.
As imagens dispensam mais comentários!

Uma só pergunta: Apesar de todo o contexto de crise que actualmente se vive, é certo e sabido que uma parte significativa do Orçamento de Estado Português se destina a financiar o funcionamento das Forças Armadas Portuguesas. Por sua vez, esse Orçamento de Estado é pago com o enorme esforço de todos nós, através do pagamento de impostos. Deste modo, todos nós contribuintes temos legitimidade para pedir satisfações ao Estado Português e neste caso concreto, ao Ministério da Defesa, sobre o uso que andam a dar aos muitos milhões de euros (€€€€€) com que todos nós, com muito sacrifício, lá vamos contribuindo e alimentado e máquina do Estado Português. 
Neste contexto, é legitimo perguntar que imagens são estas? isto é que a imagem que das nossas forças armadas? Não sabem fazer melhor do que isto? É urgente que metam esta bimbalhada de recrutas violêntos na linha e não o tolerem mais!
Como cidadão e contribuinte, não admito que gastem o dinheiro dos meus impostos com este tipo de pessoas. Não percebo se é violência pela violência ou se é alguma forma violenta de expressão de homossexualidade. Metem esses putos idiotas, violentos e eventualmente gays na linha

Já agora, apropósito de forças militares, alguém me pode explicar qual o contributo e benefício que as Forças Armadas prestam ao País e as cidadãos? Pode saber-se o que fazem milhares de homens, tanto tempo, dentro de Quarteis? (peço desculpa pela minha ignorância mas permitam-me a pergunta)

Será que as forças militares portuguesas não participam no combate às chamas nos fogos de Verão e manutenção das florestas?
Será que contribuem para o patrulhamento e segurança da nossa extensa e magnífica costa?
Será que não poderiam de alguma forma dar um contributo por exemplo, para a vigilância e manutenção da segurança no Algrave e noutros pontos sensíveis no País? 
No Algarve a criminalidade violenta tem aumentado e os estrangeiros endinheirados que por cá fazem turismo ou que investiram em habitação permaneste ou de férias, começam a olhar para o Algarve cada vez com mais desconfiança. O sector do turismo é tradicionalmente forte em Portugal. Se este se vai abaixo, mais crise e miséria para milhares de Portugueses.
Vídeo - Imagens SIC
Catarina Teixeira
Enviar um comentário